quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Quando não interpretamos papéis, é porque não há eu (ego) no que estamos fazendo.

E. Toole

Nenhum comentário:

Postar um comentário